Hoje, é no Twitter que recebo a minha injeção diária de cultura. A sua empresa faz a Gestão de Redes Sociais corretamente?

Encontrámos este artigo, escrito por Guilherme Geirinhas, que relata o comportamento de um utilizador de Twitter, igual a tantos outros!

A comunicação, hoje, é aberta e imediata, o consumidor aderiu às redes sociais, e o seu negócio terá muito a ganhar, se souber tirar partido desta tendência. Podemos listar aqui “n” motivos pelos quais a  sua marca deva estar nas redes sociais mas, vamos deixar essa conclusão para si.

Após ler este artigo ficará, certamente, elucidado do potencial que o Twitter poderá representar em termos de comunicação da sua marca e produtos/serviços realmente seu público-alvo.

Quem são estes utilizadores e qual o seu comportamento de consumo?

Estão registrados cerca de 200 milhões de utilizadores ativos na rede social dos 140 caracteres, sabia?

«O melhor amigo do homem não é o cão, é o Twitter

Hoje, é no Twitter que recebo a minha injecção diária de culturaO Twitter tornou-se o meu jornal da manhã, imune aos dedos humedecidos para virar a página. Foi ali que me tornei um predador do direto.

… Derrotado nesta romaria de desespero, pedi a password do Wi-Fi ao culpado de ali estar.

Acedi pelo telemóvel, vi o e-mail, o Facebook, ganhei 5 iPhones e… descobri o Twitter.

Era a segunda festa da noite. Desta vez, uma para a qual nem sequer tinha sido convidado.

Senti-me a mais. Usavam arrobas e cardinais, eram monossilábicos, seguia-se pessoas, aceitava-se coisas de estranhos. Onde é que me vim meter?

Uma semana depois já não vivia sem aquilo. Foi no ecrã de quatro polegadas do meu telemóvel que passei a acompanhar o Mundo desde então.

Informatiquês à parte, o Twitter tornou-se o meu jornal da manhã, imune aos dedos humedecidos para virar a página.

  1. Foi ali que me tornei um predador do direto. Foi onde gritei golo no Euro. Onde vi o abraço do Obama à Michelle.
  2. O salto do Felix.
  3. A onda do McNamara. O fumo branco.
  4. O Gangnam Style.
  5. Até a mala da Pêpa.
  6. Enquanto isso, convidavam-me para eventos.
  7. Facebook estás à escuta?
  8. Hoje, é no Twitter que recebo a minha injeção diária de cultura.
  9. Foi lá que também passei a consultar o desporto, outrora refém dos graves nasalados dos comentadores.
  10. É onde dreno a minha música.
  11. Onde percebi a guitarra de um Norberto Lobo, com o seu Mel Azul.
  12. Onde, mais tarde, vi uma Impala nomeá-lo um dos melhores discos de 2012.
  13. Foi onde me falaram de um “Amour”, o mesmo que o Twitter me contou que concorria ao Oscar, o mesmo onde entra uma Rita Blanco, a mesma que é de um país onde, disse o Twitter, mandaram fechar 49 salas de cinema.
  14. O Twitter é onde procuro e onde encontro.
  15. São as minhas páginas amarelas.
  16. É o sítio que me levou ao sítio.
  17. Foi onde, tutoriais à parte, aprendi a dar o nó à gravata.
  18. Onde, até, um seu vizinho ali infiltrado, o Instagram, me vai inundando o quotidiano com sushi e crepes alheios.

E sempre fotogénicos, apre! Mas até aí, foi bom.

Era a documentação oficial que me faltava para provar lá em casa que as dispensas dos outros são melhores que a nossa.

Tanto, e em tão pouco: 140 caracteres. Ao princípio pode custar, ter de decapitar um prefixo ou despromover um “que” a “q” para empacotar tudo num tweet. Com o tempo, entra-se no jogo, que quem lá anda trata as coisas por tu, sem os dribles do português arcaico. É também por essa falta de cerimónia que às vezes se torna polémico.

Metam-lhe ao barulho a política, os clubismos ou um simples “primeiro o leite ou os cereais?”, e pode dar que falar.

A certeza de que se fala de tudo, e quase sempre bem, justifica esse risco. Há sempre tema, e se não houver, fala-se do estado do tempo, como se fosse mais uma conversa de elevador, que em vez de limite de peso tem limite de caracteres.

Faz quase um ano que o descobri. A festa a que pensei escapar com uma simulada dor de cabeça. Nessa noite, o melhor amigo do Homem não foi o cão. Foi o Twitter.» in P3

O Twitter vive muito do real-time, da informação certa no momento certo. Daí que os tweets com informação em tempo real podem ajudar as pessoas a tomar decisões durante a sua rotina diária. No entanto, isso não significa que deva enviar 100  tweets por dia. Portanto, seja razoável na quantidade de tweets que publica por dia, para não irritar seus seguidores.

Se há algo irritante é ver uma pessoa postar 10 tweets, um após o outro e, em seguida, absolutamente nada… Novamente, o mesmo cenário dia após dia.

Com um bom plano estratégico, é possível cumprir com êxito e aumentar a sua presença social nas redes.

Não se preocupe com a demora da tarefa que é gerir a informação nas redes, com os horários ajustados aos do seu público, a Dinâmica Digital saberá como fazê-lo,  articular a sua estratégia global de negócio com o seu departamento de marketing e conjuntamente desenvolver as soluções  ajustadas ao seu plano financeiro, que melhor comuniquem com os seus seguidores/consumidores.

Assim, poderá concentrar-se mais no seu negócio ao invés de perder seu precioso tempo na atualização de suas redes sociais.

Consulte-nos, propomos-lhe a solução ideal, para rentabilizar o seu negócio online!

Vamos ao trabalho? geral@dinamica-digital.net

criamos-websites-responsivos.DinamicaDigital-JO